MERCADOS DE CAPITAIS E EXTERNO GANHAM ESPAÇO NO FINANCIAMENTO A EMPRESAS

O mercado de capitais e o exterior ganharam espaço no financiamento das empresas com maior capacidade financeira, compensando a redução do endividamento junto ao Sistema Financeiro Nacional (SFN), segundo levantamento do Banco Central, publicado ontem em box do Relatório Trimestral de inflação. Para as empresas de menor capacidade, no entanto, ainda faltam alternativas ao financiamento bancário, conforme o documento.

Com o objetivo de verificar a dinâmica do financiamento amplo das empresas, os técnicos do BC selecionaram um grupo de empresas com operações expressivas junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) entre dezembro de 2013 e maio de 2018. Foram selecionadas companhias com endividamento igual ou superior a R$ 50 milhões - considerando apenas as operações com recursos do BNDES -,totalizando aproximadamente 1.400 empresas, que detinham 80% do saldo de crédito total com recursos do BNDES em dezembro de 2017.

Considerando apenas o Sistema Financeiro Nacional, o endividamento com o BNDES do grupo selecionado registrou expressivo recuo (19,1%, ou R$ 86,3 bilhões), enquanto houve crescimento nas operações com recursos livres (1,8%, ou R$ 4,5 bilhões) e com outros recursos direcionados para além do BNDES (10,1%, ou R$ 6,9 bilhões).

A redução do endividamento junto ao sistema financeiro foi compensada pelo aumento das emissões de dívidas nos mercados de capitais (18,5%, ou R$ 21,2 bilhões) e externo (15,6%, ou R$ 101,7 bilhões), de modo que o financiamento amplo no período avaliado cresceu 3,1% para essa amostra. 

Segundo o BC, há indicações de que a redução das dívidas do grupo selecionado junto ao BNDES está relacionado à relativa convergência de custos de financiamento nos mercados de capitais e externo comparativamente ao custo de empréstimos do banco de fomento após a recente redução de subsídios.

"Tendo em vista que a natureza das operações do BNDES no segmento de pessoas jurídicas é preponderantemente associada ao investimento, o maior dinamismo sugerido pelo financiamento amplo e o processo de substituição de fontes de recursos indica quadro mais benigno para as condições de financiamento do crédito do que aquele que se depreende exclusivamente a partir das informações do SFN", observa o BC. Conforme a instituição, esse movimento também é mais consistente com a tendência de melhoria gradual da formação bruta de capital fixo nas contas nacionais em 2017.

O BC observa, porém, que o fenômeno não se repete para empresas com empréstimos menores junto ao BNDES, já que essas companhias também têm menos acesso ao mercado de capitais e externo. Para uma amostra de empresas com operações de crédito junto ao BNDES inferior a R$ 1 milhão - mais de 400 mil empresas, que detêm cerca de 6% do saldo total das operações com recursos do BNDES às pessoas jurídicas -, houve retração significativa no saldo de crédito com recursos do banco de fomento (40,7%) entre dezembro de 2016 e maio de 2018, além de quedas de 17,6% e 24,2% nas operações com recursos livres e recursos direcionados exceto BNDES.

No entanto, grande parte das empresas pertencentes a esse grupo não possui acesso ao mercado externo e de capitais local, de forma que 72% dessa amostra apresentou redução no financiamento amplo. "O acesso restrito dessas empresas aos mercados externo e de capitais ressalta o desafio de fomentar o desenvolvimento de fontes alternativas de financiamento ao crédito bancário", destaca o BC.

Fonte: Valor Econômico

Últimas Notícias

ENDEREÇOS

Curitiba - PR

Av. Cândido Hartmann, 570 Cj 313/314
Champagnat – 80.730-440
F. +55 41 3339 3195
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

São Paulo - SP

Rua do Rócio 423 - Cj 705
Vila Olímpia – 04.552-000
F. +55 11 3582 55 31
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Certificações
Give your website a premium touchup with these free WordPress themes using responsive design, seo friendly designs www.bigtheme.net/wordpress