Home NEWS Private Equity A5 Capital Partners passa a gerir fundo W7 e mira novos investimentos no setor de tecnologia

A A5 Capital Partners, gestora de investimentos estruturados que aporta capital, desenvolve e faz gestão de negócios em setores tão diversos quanto internet, infraestrutura, imobiliário e direitos creditórios, acaba de assumir o controle de gestão do FIP W7, fundo direcionado ao setor de tecnologia. Dessa forma, a A5 irá ampliar sua presença nacional e reforçar a atuação em sua vertical de tecnologia, com um capital inicial para investimento de R$ 90 milhões e previsão de alcançar R$ 150 milhões até o final de 2017.


Liderada por Paulo Humberg, um dos pioneiros da internet brasileira, a A5 vem atuando como "company builder" desde 1995. Seu portfólio no setor inclui empresas como Shoptime, Brandsclub e OQVestir. Já a W7 está no mercado desde 2012 e já investiu em companhias como Kekanto, Bebê Store, Widbook e Zarpo.


"Identificamos uma forte sinergia entre nosso portfólio e o da W7 e uma grande oportunidade para acelerarmos o crescimento. Nesta nova etapa, vamos buscar empresas nos mais variados estágios, desde o investimento semente, em fase inicial ou já em crescimento", explica Renato Ramalho, sócio responsável pelos fundos de tecnologia na A5 Capital Partners.


Apesar da flexibilidade em relação ao tíquete médio de investimento, a A5 busca empresas que reúnam um time de excelência, modelos de negócios disruptivos que tragam soluções a problemas existentes, diferenciais em relação aos concorrentes e atuação em setores com alto potencial de geração de receita.


Novas frentes de investimento


Interessado em expandir sua atuação para novas frentes, Paulo Humberg decidiu reunir sua experiência no mercado de tecnologia, na formação de times e na construção e administração de empresas para fundar a A5 Capital Partners.


"Depois de tantos anos focado na indústria digital, nosso time adquiriu um know how no mercado de investimentos e na criação e gestão de empresas em cenários desafiantes e, por isso, julgamos ser a hora de buscar novas oportunidades em setores que consideramos ter alto potencial no Brasil, como em projetos de cidades inteligentes e nos mercados de crédito e 'real estate'", assinala Humberg.


"Com a cultura que adquirimos no universo de tecnologia queremos ser a gestora da nova geração. Queremos trazer para nossos investidores um olhar não apenas financeiro, mas uma participação ativa e efetiva no dia a dia dos negócios que hoje estão em plena transformação pela mudança de hábitos do consumidor com a chegada da tecnologia . Assumir a gestão  da W7 permitirá continuarmos investindo em tecnologia, reforçando nosso DNA em participar da gestão e investir em negócios inovadores", finaliza.


Além de tecnologia, a A5 Capital Partners está direcionada para cinco áreas de negócios, com um FIP de R$ 500 milhões focado em empresas de infraestrutura, um fundo de investimento imobiliário (FII), um fundo de investimento em direitos creditórios (FIDC) de R$ 400 milhões e um fundo de investimento multimercado e crédito privado.

Fonte: Fusões & Aquisições Blogspot