Home NEWS Real Estate BR Properties vende R$ 1 bilhão em ativos

Por Chiara Quintão

A BR Properties anunciou, ontem, venda de dez ativos - no total de R$ 1,065 bilhão - para a BRE Ponte Participações, veículo de investimentos da gestora de private equity Blackstone Real Estate Advisor. "O preço pago pela Blackstone nos deixou satisfeitos", disse o presidente da BR Properties, Claudio Bruni. A conclusão da operação ocorrerá em três ou quatro semanas.

Os ativos foram negociados com "ganho expressivo para companhia e para comprador", de acordo com o executivo. Bruni ressaltou que o conselho de administração ficou "extremamente satisfeito" com a negociação. "Descontos, se há, são mínimos em relação aos valores registrados na nossa contabilidade", disse.

Dos dez imóveis vendidos, um foi comercializado, diretamente, pela BR Properties, e os demais por meio de subsidiárias da empresa de propriedades comerciais. Segundo Bruni, a aquisição pela Blackstone foi primeira do setor feita somente pela gestora no país.

Na segunda-feira, Bruni havia informado ao Valor que a BR Properties tem interesse em vender ativos cujo preço supere o correspondente ao valor de mercado da companhia na BM&FBovespa. Segundo o executivo, Blackstone, Brookfield e outros grupos têm procurado a BR Properties a respeito da negociação de ativos. "Não temos política agressiva de venda de imóveis. Analisamos oportunidades", disse.

Quando a BR Properties investiu nos seus ativos, buscou taxa interna de retorno (TIR) de 22% a 25%. Os ativos cujos resultados superam esse patamar "são candidatos principais de negociação", de acordo com Bruni. O executivo acrescentou que a empresa tem ativos na carteira "excepcionais" em termos de qualidade e visibilidade de valores e outros, "que não têm essa visibilidade", mas são resilientes e bem localizados.

A BR Properties está de olho também em oportunidades de compra e consolidação. "No momento certo, vamos talvez surpreender o mercado fazendo operações inversas", disse o presidente da companhia. Segundo ele, não há nada na estratégia da BR Properties que "não signifique buscar oportunidade de crescimento". "Gostamos dos desafios grandes e de buscar grandes resultados", afirmou Bruni.

A BR Properties espera ganho nominal, "eventualmente" abaixo da inflação, em renovações de aluguel, conforme o executivo, em função do atual momento do mercado. "Temos a confiança dos inquilinos na qualidade e na produtividade das propriedades", disse. No segundo trimestre, a companhia obteve incremento nominal de 2% nos contratos de locação, ou seja, abaixo da inflação.

Fonte: Valor Econômico